2015

cobre, latão / copper, brass
 
 
PT    Tap to Spout Converter é uma escultura de instalação específica para alterar a distribuição de água – de um escoamento doméstico único para um fluxo múltiplo público. A forma do objecto é baseada em terminais hídricos encontrados em equipamentos públicos de Lisboa, Portugal. Estas estruturas outrora essenciais para a vida urbana estão agora em processo de desactivação, tornando-se obsoletas dado o predomínio de esquemas de distribuição domésticos. O fecho destes equipamentos de abastecimento de água exteriores implica uma mudança no uso do espaço público, circunscrevendo uma diminuição na relevância de estruturas e equipamentos comuns em formar o modo como consideramos as nossas necessidades primárias. A escultura funciona como um dispositivo para promover interacção entre utilizadores. Uma vez instalada a peça torna-se participativa – potencialmente criando um conjunto de políticas de generosidade durante o seu uso.

EN    Tap to Spout Converter is a specific installation sculpture that alters the water distribution system from a domestic single ran into a public multiple flow. The objects’ shape is based on water terminals found in public equipment in Lisbon, Portugal. These structures once essential to urban living are now being deactivated and rendered obsolete, given the prevalence of domestic distributional schemes. The closing down of these outdoor water equipments implicates a shift in the use of public space, circumscribing a decrease in the importance of how common structures shape the way we consider primary needs. The sculpture functions as a device promoting interaction amongst users. The work becomes participatory once installed – potentially creating a set of politics of generosity upon usage.