2015

vidro / glass
 
(fotografia de, photo by Raggam)
 
 
PT    Fontes e chafarizes, servindo o município de Lisboa, estão a ser desactivados e considerados inaptos como sistemas de abastecimento de água. Objectos-de-beber ou Monumentos Portáteis é um projecto que usa estas estruturas inaptas como perfis para copos customizados. Estes objectos de uso específico correspondem a um terminal de abastecimento onde não podem ser utilizados. Objectos-de-Beber ou Monumentos Portáteis são também adereços para uma performance de hospitalidade, onde todos são convidados a seleccionar um copo num gesto de acesso às narrativas particulares do conjunto escultórico – às suas reproduções e qualidades morfológicas, acompanhando lógicas de comissão, gestão territorial e social associadas às estruturas públicas que representam. Depois de usados os copos devem ser deixados pelo espaço, distribuídos aleatoriamente pelos utilizadores, criando um mapa acidental – disposição a conservar durante o período de exposição.

EN    Fountains and spouts, serving the municipality of Lisbon, are being deactivated and inapt for water supplying systems. Drinking-Objects or Portable Monuments is a project that uses these inapt commodity structures as profiles for custom glasses. This specific-use-objects each correspond to a supplying terminal where they can not be used. Drinking-Objects or Portable Monuments are also props for a performance of hospitality where all guests are invited to select a drinking glass, in a gesture to access the particular narratives of the sculptural group. Reproduction amount and morphologic qualities follow the logics of commission, social and territorial management of the structures partially represented in the glasses. After usage the drinking-vessels should be left in the room, wherever randomly placed by the guests, creating an accidental mapping – a display to be conserved until the end of the exhibition period.
 

 
EM, IN THE PEACOCK, GRAZER KUNSTVEREIN, GRAZ (AT);